Blog

Leandro Angonese lança Sanatorium

Décimo livro do poeta Leandro Angonese, apresenta um estilo intimista e marcante, e será apresentado na 32ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul (RS)


Dizem que um livro vende pela capa. Muito mais do que isso, ela deve representar, em alguns centímetros quadrados, o verdadeiro espírito da obra, comunicando de forma instantânea o que o leitor encontrará nas páginas que está prestes a desvendar. Com Sanatorium (Editora Vírtua, 112 páginas, R$ 15), décimo livro do poeta caxiense Leandro Angonese, é assim. A obra será apresentada na 32ª edição da Feira do Livro de Santa Cruz do Sul no dia 7 de setembro, sábado, às 12h00.

Ao pegar o livro em mãos, os desenhos de Miguel Angoneze, filho do autor, levam o leitor a uma viagem íntima que começa pela capa e segue nas páginas internas, com ilustrações intercaladas entre os poemas. Os desenhos remetem aos mais variados sentimentos e sensações, lembranças, anseios, frustrações e alegrias. Os poemas completam esta atmosfera, em um estilo que mescla a melancolia de poetas como os brasileiros Augusto dos Anjos e Álvares de Azevedo e a desesperança do Alemão Bukowski.

Conheça os livros de leandro Angonese

Ella, um livro de Leandro Angonese

R$ 15,00
Nesta obra, o poeta Leandro Angonese destila seus sentimentos em poesias profundas e marcantes. Bem ao seu estilo, ele insere o leitor em uma atmosfera intimista, fazendo de cada página uma viagem ao interior de cada um, de encontro a seus mais íntimos sentimentos.

Inquietudes, um livro de Leandro Angonese

R$ 10,00
Este é o oitavo livro do escritor Leandro Angonese. Com um estilo próprio e inconfundível o poeta leva o leitor a uma viagem interior através dos poemas deste livro, falando de sentimentos, sensações, lembranças e desejos intrínsecos a cada um de nós, porém, muitas vezes, esquecidos ou ignorados.

Sanatorium, um livro de Leandro Angonese

R$ 15,00
Nas 112 páginas de Sanatorium, o autor leva o leitor a uma viagem até o íntimo dos problemas, anseios e frustrações de cada um, complementando com os desenhos de seu filho Miguel o estilo intimista do livro. Numa mistura dos estilos do alemão Bukowski e do brasileiro Augusto dos Anjos, Angonese faz-se valer de seu talento com as palavras e seu estilo próprio para conferir momentos únicos aos leitores, nos quais os sentimentos gerados por seus poemas marcarão cada degustador das linhas de cada poema e cada desenho, em uma experiência de leitura que os leitores vão querer vivenciar intensamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.