Artigos, Blog

Sonhos existem para serem realizados

Para Freud, o desejo é o que põe em movimento o aparelho psíquico, o orienta e nos movimenta para a realização. Assim, a ação é sempre precedida por um desejo

Por Graziela C. Ely, psicóloga

Em sua obra Interpretação dos Sonhos (1900), Freud afirma que todo sonho é a realização de desejos, embora estes possam permanecer ocultos. Bom, mesmo os desejos mais secretos fazem seu caminho para se tornarem realidade, mesmo que em sonho e mesmo que haja a censura depois. Então, por que não realizarmos nossos desejos conscientes?
Na sabedoria popular, sonhar não significa literalmente o sonho que ocorre durante o sono, mas sim a visualização de um desejo. Sonhamos com o sucesso em uma profissão, a aquisição da casa própria, a cura de um vício, o nascimento de um filho ou mesmo uma viagem “dos sonhos”. Enfim, um sonho existe para que possamos correr atrás dele. Não é assim?

É quando crianças que começamos a sonhar e a moldar os desejos para a vida adulta. Foto: Pixabay

Ao analisarmos nossas conquistas, mesmo as mais simples, constataremos que todas elas foram frutos do que um dia foi um sonho. Portanto, há a necessidade de sonhar. Dessa forma, haverá motivação para o movimento e seguiremos com o ciclo sonhar-realizar. Que possamos manter despertos nossos desejos e nossos sonhos, pois a vida necessita de impulsos e são estes que nos injetam energia para alcançá-los.

Afinal, quem corre atrás quer alcançar.  

Tive uma professora muito especial na faculdade. Foi ela que me enveredou pelos caminhos da Psicanálise. Ela é minha amiga no Facebook e me orgulho disso. Faz algum tempo, vi fotos dela na Grécia. Curti todas e em uma em especial, aquela clássica em Delfos, comentei: “Este é o meu sonho, profe”. E ela, em sua doçura, respondeu: “Não se esqueça de que sonhos existem para serem realizados”.
Ainda não fui para a Grécia, continuo sonhando com o lugar onde Apolo matou a piton. Mas afinal, a Grécia pode ser tantas coisas… De alguma forma, já fui tantas vezes até lá… Cada um tem a Grécia na qual quer chegar… Cada um tem consigo mesmo o compromisso de buscar seus sonhos, pois o ditado é claro: cuidado com o que sonhas, tu podes conseguir.

Sobre a autora

Graziela C. Ely é de Lajeado (RS) e nasceu em 19 de novembro de 1979.

É psicóloga clínica e organizacional, professora, fotógrafa amadora e wanderlust (palavra em alemão que pode ser traduzida como um desejo intrínseco e profundo de viajar).

Apaixonada pela vida, escreve para refletir e fotografa para se expressar.

“Faça valer a pena” é seu lema e acredita que sonhos existem para serem realizados.

Compre e receba em casa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.