Artigos, Blog

As lições da natureza, um artigo de Dulci Alma Hohgraefe

As lições da natureza

Por Dulci Alma Hohgraefe, educadora e escritora

A natureza traz em si toda a perfeição e sabedoria do Criador. Tudo tem um objetivo e um plano em plena sintonia com o todo. Da mesma forma, há sempre utilidade em tudo o que acontece; tudo é aproveitado para o bem da manifestação da vida em todas as suas formas, acolhendo suas singularidades e pluralidades.
Uma das primeiras lições é o dinamismo, pois nada é estático, tudo está em constante transformação, trazendo novas formas e utilidade em todo o contexto. Podemos sentir isso quando não aceitamos as mudanças diante de situações que já cumpriram aquilo a que vieram. Se resistimos, a lei o progresso nos apresenta alternativas às vezes doloridas, mas necessárias para o nosso despertamento.
Outro grande ensinamento é o tempo, que não para nunca de avançar e que às vezes não aproveitamos da melhor maneira. Cada elemento da natureza tem um tempo certo para germinar, crescer, florir e dar frutos, mas cada semente traz em si o seu potencial próprio e único.

Na natureza, cada elemento tem seu tempo certo para florescer. Assim também é na vida. Foto: pexels

Está aí outra lição que a semente nos traz: a da fidelidade. Sabemos que podemos confiar no potencial que ela traz latente, pois jamais falha. Quando a humanidade assimilar essa verdade estará em outro patamar, onde reinará a confiabilidade entre todos, sem restrições, medos e precauções.
Da mesma forma, podemos analisar as intempéries que a natureza de tempos em tempos apresenta, pois elas têm a função da limpeza de todas as estruturas vivas. Quando poluímos e saturamos os recursos naturais, a natureza se defende. Aí vêm os raios, trovões e ventos e fazem a assepsia do ambiente.
Quanta sabedoria e beleza há em toda criação, nos sugerindo viver e conviver de forma saudável e harmônica, respeitando todos os princípios criados com tamanha perfeição e funcionalidade. Tudo nos ensina algo e nada está fora do grande plano; basta estarmos atentos e reservarmos um tempo para observar toda a natureza em desenvolvimento para guiar nossos passos.
Singeleza e sincronia descrevem um pouco da perfeição de tudo, nos convidando à simplicidade e autenticidade em nosso viver, aprendendo e fluindo com todo esse manancial à nossa disposição, um convite a nos engajarmos nesse imenso universo, encontrando nosso lugar e missão e assim contribuindo para a perfeita manifestação e manutenção de todo o potencial do nosso lar comum.

Dulci Alma Hohgraefe

Dulci Alma Hohgraefe nasceu no interior de Restinga Seca (RS), em 1953, e atualmente reside em Santa Cruz do Sul. Cursou Letras na atual Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC-RS), onde também fez pós-graduação em Supervisão Escolar e ainda cursou o Mestrado em Educação na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS). Lançou com a Editora Vírtua, em 2020, os livros “Desvelando a alma” e “Clarinha no mundo”. Em 2021, também pela Vírtua, lançou “Nos refolhos da alma” e “Clarinha na família”.

Compre os livros de Dulci e receba-os em casa

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.